Absurdo: Jovens mexicanos injetam bebida alcoólica por via anal ou vaginal para fugir de bafômetro!

Governo não sabe como fiscalizar esses casos. Jovens estão ingerindo bebidas alcoolicas por onde supostamente deveria ser apenas a saída. Confira o caso!

A expressão muito popularmente dita aqui no Brasil, (*¨&%$#) seja por interjeição de espanto, ou em caráter ofensivo, Em Taumalipas, no México, está sendo levada a termo por muitos jovens mexicanos.

No Brasil, temos hoje a tolerância zero em relação a beber e dirigir, e no México também existe algo parecido. Porém, se você acha que apenas o povo brasileiro é que tenta dar um jeitinho de encontrar brechas ou formas de burlar as leis, você está muito enganado, e vai se surpreender com o que anda acontecendo lá no México, com os jovens de algumas regiões daquele país, envolvendo bebida e direção. Ao que parece eles querem beber de qualquer jeito, mesmo que seja de um modo mais inusitado, e que vai do cômico ao trágico ato de atentar não somente contra as leis, mas contra a própria saúde.

mc-jeffinho-farao

Continua depois da Publicidade

Powered by WP Bannerize

Entenda o caso.

Pois é, o caso foi descoberto recentemente. As autoridades de saúde do estado mexicano Tamaulipas estão preocupados com a forma como jovens têm ingerido álcool sem que possam ser pegos no bafômetro. Para fugir da fiscalização, eles têm “bebido” por via anal ou vaginal.
Soraya Sánchez, chefe do departamento de dependentes da Secretaria de Saúde local afirmou:
“Não temos dados oficiais reportados, mas é uma certeza que essa prática (ingestão de bebida pelas vias anal e vaginal) vem acontecendo entre os jovens da região”
Os médicos locais consideram que a prática é de altíssimo risco. Os locais por onde a bebida são ingeridas proporcionam fácil absorção e, por isso, têm efeito similar ao da ingestão por via oral.
A prática, porém, pode levar a infecções nos locais por conta do álcool das bebidas. Com isso, infecções generalizadas não são raras nos adeptos destas práticas.Muito risco está envolvido nessa prática.
Ainda de acordo com as informações da imprensa local, os jovens utilizam objetos de higiene íntima feminina para ingerir a bebida dessa forma estranha.